Laser Vaginal

Espaço Mulher

Laser Vaginal

Com as alterações hormonais típicas do envelhecimento na mulher, o aparelho genital passa por mudanças que, muitas vezes, dificultam o ato sexual e o prazer. A lubrificação diminui e as paredes vaginais tornam-se finas e flácidas, gerando irritação vaginal, prurido, dor, ardor nas relações e até mesmo pequenos ferimentos. O pH vaginal aumenta e a frequência de infecções como candidíase e vaginose também. Além disso, a perda de elasticidade faz com que a pelve seja menos funcional ao reter a urina, gerando escapes aos pequenos esforços e incontinência urinária.
Não podemos deixar de citar que muitas mulheres também sofrem com problemas sexuais pós-parto, como a dispareunia devido à vaginite atrófica da lactação ou após trauma perineal. Consequentemente a dor nas relações sexuais é o problema sexual mais comum para puérperas e representa um problema físico e psicológico inclusive para seus parceiros.
Para melhorarmos todos esses sintomas dispomos de tecnologias a LASER que vão além da queixa estética e começou a se popularizar no Brasil em 2015.
A escolha do tratamento e do tipo do laser irá depender da queixa da paciente. A realização do laser vaginal melhora a flacidez e o escurecimento da parte externa da vulva, reforça a parede do assoalho pélvico, devolve a lubrificação, estimula a regeneração e formação de colágeno, melhora a capacidade de conter a urina e garante não só satisfação no aspecto estético, como também amplia a satisfação sexual. O resultado já é visto na primeira sessão e são necessárias em média 3 a 5 no total, dependendo do caso. Logo após a rápida aplicação, a paciente pode voltar às atividades normais sem problema algum. O procedimento não requer anestesia, sendo realizado em consultório pelo médico ginecologista. É preciso estar em dia com o preventivo ginecológico e a recuperação se dá em até 7 dias, quando as atividades sexuais podem ser retomadas.

 

 

 

 

 

 

 

 

Dr. Camila Prestes
CRM – PR 21.938

DKT Saúde da Mulher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *